Clube de companheiras de genero


Mudei pra cá:

 

http://maryw.posterous.com/

 

Não sei mexer direito ainda etc etc, mas acho que já dá pra ir embora.



Escrito por Mary W. às 21h40
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


 

Não tem o que falar da posse. Porque tem umas coisas que são mais de vivência, não são de análise e tal. O que me impressiona é que as pessoas não vão pra ver. Vão pra participar. Assim. A gente nem vê direito, mas se a gente não for, a festa não fica bonita. Daí que eu me sinto um membro da guarda. Fico lá. Cantando e balançando bandeira. Ciente da minha participação e do meu protagonismo. Eu fui "trabalhar" na posse. Quase nem vi.

Pra começar a gente chegou atrasada. Porque o táxi demorou horrores e a @srtarozz que me avisou, por sms. "Começou, tô chorando". E eu ai, que droga. Porque chovia e tal. Daí a primeira providência foi nos paramentar. Com guarda chuva e capa etc. E aí aquela andação.

Um monte de placas dessas aí. Com imagens de mulheres brasileiras etc. E eu achei legal. Esse feminismo de boteco. Eu não gosto disso quando é condescendente, saca? Tipo "ah, as mulheres até que fizeram algumas coisas". Porque nada seria condescendente no sábado, né?. Não é um ministério no meio de um monte. Não é uma trincada no teto de vidro. É a presidência da república. Então eu curti o soar desse tambor a la revista Cláudia e tals.

 

Aí o Congresso. Ela fazendo o discurso. Que eu dei uma lida só hoje. Nem ouvi nada. Só via um telão longe, com  imagem dela. A primeira imagem dela que eu vi. "Está de branco", e eu pensei que perdeu quem apostou no vermelho. Isso que é legal. Minha mãe e vários amigos vendo TV e pensando em mim. E eles viam e sabiam muito mais que eu. Eu fui ver a roupa dela já era quase 4 da tarde \o/

 

 

Assim. As fotos no concreto são da praça dos 3 poderes (rampa e faixa). As fotos na grama são do congresso. As faixas "iupi, uma mulher no poder" estavam por todo lado. Fotografei um monte. Porque, né? Eu super as carregaria.

Aí é assim. Ela sai do Congresso de carro aberto. A gente corre a pé pro Palácio do Planalto. De modos que não vi a primeira mulher subir a rampa. Mas vi a primeira mulher receber a faixa. É decisão estratégica isso. Tem gente que opta por ir direto pro Planalto. A gente quis ver a cerimônia do Congresso. Não me arrependi. Me arrepiei DEMAIS com os tiros de canhão. Que eu nem tava esperando. E a guarda presidencial fez um ballet super legal na saída dela. (Ela passou a tropa em revista e eu vi só um pedaço, porque ela sumiu do meu campo de visão).

 

Daí a Praça dos 3 poderes. E a passagem de faixa e o discurso dela. Eu nunca tinha visto a Dilma pessoalmente. E vê-la falar foi bem legal. O discurso foi meio repetitivo do que ela tem falado. Mas, né? Não tem como fugir. Para aqueles que tombaram. Obrigada, Lula. Adorei.

Daí sentei. E fomos trocando sms e telefonema. Tentando marcar encontro bem aí. No monumento dos candangos. E deu certo :)

 

Eu vi a posse do Lula em 2002. Foi bem mais passional mesmo. Essa posse foi mais leve e alegre. Acho que tava todo mundo comemorando que deu certo. Tivemos um primeiro mandato cheio de problemas. Tivemos uma campanha difícil. Tudo deu certo no final. Eu sempre votei no Lula por um único motivo. Quero um país sem miseráveis. É meu principal motivo de voto. Ele disse que sabia fazer. E ele fez. Por isso esse clima. De "Obrigada, Presidente/Bem vinda, Presidenta".

Hugo Chávez. Arrancando gritos da galera quando apareceu no telão. Eu gritei também \o/

 

Eu vou mudar o endereço do blog. Vou pro wordpress. E devo voltar a postar diariamente. Tantas pessoas legais as redes sociais trazem pra vida da gente etc. Tão gostosa é essa relação. Depois vou postar as fotos dos botecos e linkar o número inacreditável de blogueiras queridas que estavam lá.



Escrito por Mary W. às 16h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 

online

E-mail

segundosexo@uol.com.br

Sexies

03h45
A Lot of Coisas]
Alta Fidelidade
Aquariana Insatisfeita
Assumidamente
Biscoito e Chá
A desjanelada
A fleur da pele
Beths
Carla Rodrigues
Clarices
Cria-minha
Cynthia Semiramis
Descontrol
Des-edificante
Devaneios S/A
Drops da Fal
Emails de NY
Escarlates
Eu sou submersível
Fazendo Gênero
Feito a mão
Ginger
Girl Jolie
Gulinia
Hello Lolla
I Don't Mind a Rainy Day
Leveza do Ser
Mamíferas
Marta Bellini
Mosca na Sopa
Mothern
Nalu
New Wolrd News
Nunca disse
Os Livros da Minha Estante
Parte Tua
Pausa para o Cigarro
Quiteria
Recordar Repetir Reelaborar
Rosa e Radical
Samambaia Psicótica
Tata Pessoa
Tathy Vianna
Technicolor Kitchen
Terra da Garota
Umas e Outras
Verbo e devaneio
Woman of Affairs
Yalla

Gostosas

[sugarfight!]
Amigo Etheobaldo
Annix
Ashenlady
A Vida é Filme
Até aqui tudo bem
Berenguendem
Acontece Dentro
Bia Badaud
Blowg
Bocozices
Branca por cruza
Caderninho
Depois da Queda
Die Lena
Duas Fridas
Ébom pra quem gosta
Escape
Escreva, Lola, Escreva
Gatos e Fatos
Gerebinha
Inquietudine
Losille
Menina Didentro
Maryann is a Bitch
Nada Profissional
Non Winner
Perolada
Pergunte ao Pixel
Ornitorrinco
Parla, Marieta
Pérolas da Rainha
Quelque Chose
Quitanda
Remi Malcoeur
Recrist
Reverberações
Steffania
Tanto Clichê
Te Dou um Dado
Terapia Zero
Uh baby
Vivo Andando

Sexies

Contudo
Despereaux Tales
Dias Comuns
Mamocos
Nerd-o-rama
Rafa Mendonça
Saggio
Sobretudo de Lona
Velho do Farol
Voltas no Porto
W.Rabelo

Gostosos

A Ilha Ileris
Abunda Canalha
Farinhada
Lixomania
Malcher
Mexerica
O Biscoito Fino
Xtrobo

Histórico